Consulta

Meu nome é Frederico Lobo, sou médico (CRM-GO 13192), Nutrólogo. Formei em 2008 mas estudo bioquímica médica, fitoterapia, nutrição humana desde 2002.  Antes de explicar como é a consulta acho importante salientar que:

1) Não atendo nenhum plano de saúde.

2) Não trabalho com modulação hormonal, pelo contrário, abomino tal tipo de prática. Acredito que o uso de hormônios deva ser criterioso e somente nos casos em que há deficiência laboratorial comprovada. Clínico geral, Nutrólogo ou médico que pratica Ortomolecular não é o profissional mais habilitado para isso. Portanto todos os meus pacientes que apresentem déficit/excesso hormonal eu encaminho para:
  • Uma amiga Endocrinologista Dra. Natália Jatene ou para um amigo urologista Dr. Frederico Moraes Xavier ou para alguma das seguintes ginecologistas: Dra. Angela Lobo ou Dr. Roberta Lobo ou Dra. Lívia Carneiro. 
3) Não trabalho com dieta HCG, Ozonioterapia, uso de lugol, uso de T3, hormônio do crescimento, o chamado “Chip da beleza”, hormônios erroneamente chamados de bioidênticos (uma grande falácia da indústria de manipulação), biorressonância, Medicina quântica, terapias de quelação sem respaldo científico, EISTEK, Nerv express, testes de intolerância alimentar baseados em IgG ou IgG4.

4) Não trabalho com dietas altamente restritivas, justamente pelo risco do paciente desenvolver transtorno alimentar.

Quaisquer dúvidas acerca do meu atendimento, entre em contato pelo e-mail: doutorfredericolobo@gmail.com 


5 comentários:

Anônimo disse...

Boa tarde Dr. Frederico,

Com relação a utilização de materiais para fabricação de panelas, poderia informar se existe algum impedimento para utilização de bules para Chá em Bronze, Obrigado

Dr. Frederico Lobo disse...

Ola. Não sei sobre isso.

att

Unknown disse...

Dr.tenho 49 anos e ainda estou menstruando e tenho hipotireoidismo,faço uso de Procimax e Lorax 1mg preciso urgente me consultar com alguém que me ajude nessa fase moro em Tocantins vc pode me ajudar ou indicaria Dra Natália?

Dr. Frederico Lobo disse...

Indico a Dra. Natalia Jatene ou qualquer outro endocrinologista.

Unknown disse...

Dr:Meu esposo começou a trabalhar em 98 na fundição de fábrica de alumínio em janeiro de 2000 ele teve a primeira crise convulsão,foi afastado deste então esta sendo acompanhado e medicado, em novembro ele voltou a trabalhar na empresa e as crises eplileticas voltaram com muita frequência, sera que algum produto químico usado na fundição de alumínio ou mesmo o próprio alumínio pode ter relacao com a convulsões ou seja a causa.

Postar um comentário

Propagandas (de qualquer tipo de produto) e mensagens ofensivas não serão aceitas pela moderação do blog.