Mostrando postagens com marcador Anabolizantes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Anabolizantes. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Efeitos Psiquiátricos dos Anabolizantes

Dr. Clayton Macedo, um dos responsáveis pela campanha Bomba Tô Fora - que tem o apoio da SBEM -, fala sobre os efeitos psiquiátricos que podem surgir com o uso dos anabolizantes (testosterona e afins).

Ele explica também que agressividade e reações inesperadas estão entre alguns dos sintomas e que podem estar ligados ao aumento do feminicídio. “Estamos vivendo um grave problema de saúde pública”, enfatizou o Dr. Clayton.

O médico alerta para que é importante ficar alerta aos sintomas e que diversas pesquisas estão sendo feitos, como uma pesquisa dinamarquesa. Nos dados, ele explica que cerca de 20% dos pesquisados que utilizavam os anabolizantes praticaram algum tipo de crime grave.

Vejam as informações que o médico deu na entrevista ao site da SBEM Nacional. Para ouvir acesse: https://www.endocrino.org.br/efeitos-psiquiatricos-dos-anabolizantes/?fbclid=IwAR3EclMNEh_nLXo-mhjhlw7hgaAdpegTxz7p1XO2uMhdO6o3yP0J5xhwb5Q

terça-feira, 26 de março de 2019

#BombaTôFora - “Os efeitos colaterais do uso de esteróides anabolizantes realmente ocorrem?


Slides da apresentação do Dr. Clayton Macedo ( @cldmacedo ), presidente da Comissão Temporária para o Estudo da Endocrinologia, Exercício e Esporte (CTEEE-SBEM). A aula aconteceu no dia 24/03/2019 no Simpósio Integrado de Endocrinologia do Exercício (SIEEX). 

Estamos vivendo um problema de saúde pública e há pessoas pagando caro por isso. Semanalmente recebo no consultório particular e também no SUS, pacientes "sequelados" após uso de Esteróides Androgênicos Anabolizantes (EAA).

Volto a repetir: Não existe indicação de reposição de hormônios em quem não tem deficiência. A prescrição por estética configura infração ética perante o Conselho Federal de Medicina e não encontra respaldo das maiores entidades de Endocrinologia do mundo. Razão disso? Não existe segurança para prescrição. Os resultados são heterogêneos. Alguns não apresentam efeitos colaterais a curto ou longo prazo, inúmeros outros apresentam. Portanto: ⠀Primum non nocere ou primum nil nocere, que é um termo latino da bioética que significa "primeiro, não prejudicar".

Att

Dr. Frederico Lobo - Médico Nutrólogo - CRM-GO 13192 | RQE 11915