segunda-feira, 25 de julho de 2011

Importância da Prática Regular de Exercícios Físicos.

O texto abaixo é de um Professor de Educação Física/Personal Trainer que conheço e indico. Dedicado e estudioso não só do exercício físico mas dos bons hábitos e saúde em geral. Boa leitura!
Dr. Ícaro Alves Alcântara - www.icaro.med.br


A atividade física é fonte inesgotável de prazer e bem-estar e muitas vezes a colocamos em último plano na questão de importância em nossas vidas. A Grande maioria das pessoas só costuma procurar realmente a prática regular de exercícios depois de uma indicação médica ou nutricional, pois a vida que levamos hoje nos conduz ao sedentarismo. É tecnologia para tudo e temos que usar cada vez menos os movimentos do nosso corpo para completar uma atividade diária.

Em 2005, o sedentarismo atingia aproximadamente 70% da população brasileira, um dado de muita preocupação porque esse estilo de vida atual pode ser responsabilizado pelo risco de morte por infarto e por derrame cerebral, que são as principais causas de morte em nosso país.

Segundo o Colégio Americano de Medicina Esportiva (ACSM) é recomendável uma frequência de 3 a 5 dias por semana, 30 minutos ou mais de atividade física de intensidade leve á moderada para serem obtidos benefícios relacionados á saúde. O que nos leva a perceber que não precisamos de muito tempo para garantir uma boa qualidade de vida.

É importante lembrar que a Organização Mundial da Saúde já comprovou que a prática regular de exercícios físicos reduz consideravelmente o risco mortes prematuras, doenças do coração, acidente vascular cerebral, câncer de cólon e mama e diabetes, além de prevenir uma sequência de outras doenças como a Hipertensão arterial e o ganho excessivo de gordura corporal.

Os ganhos obtidos como a atividade física ficam longe de serem apenas benefícios ao corpo, existe uma série de fatores psicológicos que podem ser inclusos neste pacote. Alguns hormônios como a endorfina que é responsável por aquela sensação de mais tranquilidade e euforia são liberados durante a atividade física e uma série de reações a partir dessa liberação podem nos trazer a sensação de prazer e bem-estar o que de fato é um ótimo remédio para o estresse mental.

O que não devemos esquecer é que existem diversas formas de se manter em movimento: as caminhadas, o futebol, as corridas, o ciclismo, as aulas de ginástica e a própria musculação. Porém, o que deve ser respeitado é que essas atividades devem se tornar frequentes em nossas vidas, porque o famoso “Atleta” de final de semana é mais prejudicial à saúde que não praticar exercício. Além disso, toda atividade física deve ser orientada por um profissional adequado, responsável, e, de preferência, um Professor de Educação Física.

0 comentários:

Postar um comentário

Propagandas (de qualquer tipo de produto) e mensagens ofensivas não serão aceitas pela moderação do blog.