terça-feira, 8 de março de 2011

Os alimentos funcionais e seus benefícios

Soja
A soja pode atuar na prevenção de doenças cardiovasculares, câncer, osteoporose e no alívio dos sintomas da menopausa. Alguns de seus componentes são responsáveis pela redução de colesterol em humanos.

Isso é relevante já que, de acordo com estudos, cada 1% de redução nos valores de colesterol está associado com cerca de 2-3% de redução do risco de doenças cardiovasculares. E diferentes análises observam também que o consumo diário de 20-50g de proteína de soja isolada pode resultar em uma redução de 20-30% do risco de doença coronariana.

Estudiosos já indicaram que o consumo da soja pode reduzir a freqüência e intensidade dos sintomas da menopausa. Por exemplo, 60 gramas de isolado protéico de soja/dia, durante três meses, pode reduzir as ondas de calor em 45% em mulheres com menopausa.

OBS: Não sou a favor do consumo de soja da forma que consome atualmente no ocidente. Sou a favor do uso das formas fermentadas da soja, ou seja, Tofu, Shoyo e Tempeh. Para ler mais sobre a Polêmica da soja: http://www.ecologiamedica.net/2010/12/soja-polemica-continua.html

Repolho, couve-flor e brocólis

O consumo de vegetais crucíferos como repolho, couve-flor, brócolis e couve de bruxelas tem sido associado com a redução do risco de câncer. Estudos administrando o equivalente a 350-500g de repolho/dia em mulheres por 1 semana provam que um componente das crucíferas pode ser um novo caminho para reduzir a probabilidade de câncer de mama.

Tomate

Os carotenóides são poderosos antioxidantes que agem na neutralização de radicais livres, além de estimularem a função do sistema imunológico. Um dos carotenóides, o licopeno, tem uma atividade antioxidante dez vezes maior que os outros. Portanto, é hoje o mais promissor para a nutrição e saúde humana. O licopeno é encontrado principalmente em tomates e produtos derivados.

Alho

O bulbo de alho intacto contém um aminoácido inodoro que é convertido pela ação de enzima em alicina. Essa conversão ocorre quando o alho é esmagado ou triturado.

A alicina é o elemento responsável pelo odor característico do alho e, ao se decompor (um processo espontâneo), ela forma numerosos compostos sulfurados. Alguns desses compostos têm sido investigados por exercerem atividades anticancerígenas e antiaterogênicas.

Os benefícios do alho à saúde são numerosos, incluindo prevenção de câncer, anti-hipertensivo e anti-colesterolêmico. Seus componentes têm se mostrado inibidores de tumores em muitos modelos experimentais e humanos.

Frutas cítricas

As frutas cítricas, tais como laranjas, limas, limões e toronjas (tangerina), entre outras, são fontes importantes de vitamina C, folato e fibras. Recentemente, um de seus compostos (os limonóides) tem atraído a atenção dos pesquisadores, devido às evidências que se têm acumulado suportando o efeito preventivo desse elemento contra o câncer. O limoneno pode ser eficaz contra uma variedade de tumores espontâneos ou induzidos quimicamente.

Cereais

Os cereais podem exercer vários efeitos benéficos à saúde do homem. Dentre eles, a redução do colesterol e do risco de câncer, particularmente aqueles do trato alimentar, como o coloretal e o gástrico. Uma grande quantidade de componentes anticarcinogênicos são encontrados nos grãos, entre eles, as fibras. A aveia talvez seja um dos cereais mais estudados. Sabe-se hoje que ela é fonte de um tipo de fibra responsável pela redução de colesterol, observada em vários estudos científicos.

Uvas e Vinho

As cascas de uvas vermelho-roxas escuras são ricas em determinados tipos de compostos que apresentam a capacidade de prevenir a oxidação da LDL-colesterol, podendo, dessa forma, reduzir o risco das doenças cardiovasculares. Além das uvas, o vinho tinto apresenta também um alto conteúdo desses compostos, cerca de 20-50 vezes maior do que o vinho branco. Além disso, trabalhos recentes mostram que o vinho tinto é também uma fonte significante de resveratrol, elemento encontrado na casca de uvas e que tem propriedades antiaterogênicas e de inibir a carginogênese.

Chá verde

Dos efeitos benéficos à saúde mais pesquisados no chá, a prevenção do câncer é o principal. Estudiosos encontraram que o consumo de 5 ou mais copos de chá verde/dia foi associado com a redução de estágios do câncer de mama.

Peixes e óleos de peixe

Os peixes são fontes de ácidos graxos. Compostos que podem auxiliar no tratamento da hipertensão, doença cardiovascular, aterosclerose e desordens inflamatórias e autoimunes. O consumo de óleo de peixe pode também proteger contra o câncer, incluindo o de mama, cólon, pele, pâncreas, próstata, pulmão e laringe.

0 comentários:

Postar um comentário

Propagandas (de qualquer tipo de produto) e mensagens ofensivas não serão aceitas pela moderação do blog.